Pensamentos… ou diálogo comigo mesmo

Terça, 15:
“Vou ver se hoje dá tempo de escrever sobre o fim-de-semana passado no blog. Putz! Tem aquele texto pra fazer pra Sogipa também. Hmm, amanhã então, acho que me sobra um tempinho.”

No outro dia…
“Sono, sono, sono. Fome, fome, fome. Cama, cama, cama.”

Dois dias depois…
“Hoje é sexta-feira, laralá-ralará…”

Sábado…
“Cerveja, cerveja, água, cerveja, música boa e boa companhia.”

Hoje:
“Que merda. Já faz mais de uma semana que o Pato estreou no Milan e o texto ainda continua como o mais novo do blog. Ele já até jogou de novo e nem foi tão bem, como também já aconteceu em outros segundos-jogos. Tenho que escrever. Ou sobre o Tião ou sobre a epopéia do fim-de-semana retrasado. Vou escrever quando chegar em casa, aqui no trabalho não dá. Sim, hoje, sem falta!”

Ou não…

Anúncios

6 pensamentos sobre “Pensamentos… ou diálogo comigo mesmo

  1. aiiiii…q maldade…como assim eu sou assim…eu sou bem pior….homem não presta..,seja ele bom, bonito, feio, rico, pobre, desdentado ou sei lá o que….hehehehe

  2. Bela crônica quebrada. Não escrever também é escrever. Caramba! O que eu escrevi? Nada! Mas não escrever, também é escrever. Papo de loco, sô!!!

    Já vou atualizar os títulos do Inter. Antes que mude de novo. Boa essa! rsrsrs

  3. Tiago, experimente trocar o “eu tenho que” por “eu preciso”. Às vezes funciona!
    Obrigada pelas palavras e aplausos.
    Abraços. Bom final de semana.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s