A internet ainda pode dar certo. Ou momento confessional nº 16

taiga

Não raro, a internet tem me decepcionado ultimamente – um pouco mais desde de algum momento entre 2013 ou 2014. Talvez seja efeito das redes sociais, mas o palanque da timeline – esta oportunidade para muitos de, enfim, portar um microfone – tenha estimulado demais o extremismo. De um lado e do outro.

A internet hoje, apesar da maior integração entre as pessoas, parece algo muito diferente de seu início. E olha que navego por esses mares se não desde as primeiras ondas, desde um tempo ainda remoto pré-Facebook. Tempos ingênuos de zipmail e distribuição de discador online em CD-Rom como ação de marketing.

Mais cético, certamente, sou um cara bem mais desconfiado. Mas não capaz de me surpreender, como minha reação dias atrás: “Uau, as pessoas que a gente encontra pela internet ainda podem ser boas e o mundo tem chance de ser um lugar mais integrado, independente de qualquer transação comercial”.

Mais ou menos isso que pensei ao saltar em alguma das centenas estações do metrô em Tóquio, depois de cerca de duas horas de um passeio guiado pela querida Taiga Gomes, talentosa jornalista do (excelente) blog TokyoRio.

No início do mês, eu tive que atravessar o mundo meio que de sopetão. Uma viagem a trabalho que, desde sua incipiente ideia até o embarque no avião, mal levou dez dias. A correria acabou por minar qualquer chance de planejamento prévio para conhecer um lugar tão distante geográfica e culturalmente do meu cotidiano.

A verdade é que entrei em contato com a Taiga sem muita expectativa de retorno. E qual não foi a minha surpresa na pronta resposta e disposição em me ajudar? A troca de e-mails acabou gerando até um breve city tour pela capital japonesa. Um ato simples e querido, mas demasiadamente contrastante com o mar intolerante que não raro inunda as redes sociais.

A internet ainda pode ser um lugar bem legal com pessoas dispostas a ajudar a outra sem aguardar algo em troca, como sugeria lá no seu começo ingênuo. Mais integração através da conexão com o próximo.

Pessoas como a Taiga provam isso. =)

Anúncios

2 pensamentos sobre “A internet ainda pode dar certo. Ou momento confessional nº 16

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s