Berlim, as obras e o trânsito

DSC_3681Berlim está em obras. E elas não são pequenas. De um mirante, contei 15 guindastes espalhados num raio de 180 graus. Uma delas é a expansão da linha 5 do eficiente metrô local. O trem, em breve, passará por baixo do rio Spree, proporcionando mais uma opção de chegada à Alexanderplatz, uma espécie de grande ponto convergente da cidade.

O volume de obras deixaria o trânsito de qualquer cidade em um verdadeiro caos. Porém, não é o que acontece com os alemães. Ninguém falou que carro é o principal meio de transporte por lá. Mesmo que os carros nacionais sejam de marcas como BMW e Mercedes Benz, o alemão, em geral, é apaixonado por bicicletas. E elas estão por todos os lados em Berlim. A eficiência germânica se mostra presente aí, com diversos bicicletários e ciclovias por toda a cidade. Quem caminhar na ciclovia, aliás, tem grandes chances de ser atropelado por uma magrela. Ou ser xingado. Em alemão.

Antes era muro, hoje é memória

Antes era muro, hoje é memória

É verdade que o trânsito de Berlim, mesmo dando o desconto das obras, não é o que se pode chamar de melhor do mundo. Mas certo é que a cidade só continua andando mesmo com tantas obras simultâneas graças ao seu eficiente transporte público, que agrega trens, carros, ônibus, bicicletas e pessoas.

Triste não ver o mesmo nas ruas da minha cidade, que, por coincidência, também está convivendo com muitas obras. Bem ao contrário do que ocorre em Porto Alegre, em Berlim há coexistência pacífica. As pessoas podem optar por seu meio de transporte favorito e andar nele, sem diminuir os outros. A Alemanha, e Berlim em específico, é um grande exemplo.

Rápidas
Há muitas opções de passeios de bicicletas nas imediações de Alexanderplatz. Da mesma forma, quem quiser alugar uma bike pode tratar com diversos comerciantes ou falar com a Deutsche Bahn, que também as aluga.
Já quem preferir conhecer Berlim em algo motorizado deve investir € 6,40 em um ticket individual que vale tanto no metrô quanto nos ônibus das duas áreas mais centrais da capital – o que já dá para ver um monte de coisa. O bilhete para grupos de duas a cinco pessoas sai por € 16. Apenas uma ida no metrô custa € 2,60.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s