Rápidas panamenhas, parte 3

Estou na Cidade do Panamá e quero dar uma volta, como faço? Abaixo, algumas tentativas de respostas

Táxi
Bem, como disse no post anterior, os motoristas panamenhos não são exemplo de bons condutores, ao menos quando comparados com os brasileiros. Os taxistas não fogem à regra. Cinto de segurança, por exemplo, é algo opcional para os passageiros e mesmo para eles próprios. Os carros, muitas vezes, estão em parte quebrados ou necessitando de uma visitinha na oficina.

É normal, também, o taxista parar para pegar mais alguém no caminho. A prioridade, contudo, é de quem chegou primeiro. Não há taxímetros, então o preço é combinado no começo da corrida. Obviamente, o taxista vai cobrar um preço maior, mas a negociação é possível: pechinche, que vale a pena. Via de regra, eles são baratos e 5 dólares são suficientes para rodar bastante.

Ônibus
Pareceu-me muito confuso o sistema de ônibus da capital. Apesar dos veículos serem modernos, o indicativo das linhas quase não aparece, o que me desencorajou a subir num. A superlotação, tanto nas paradas quanto dentro dos coletivos, dos horários de pico colabora para desanimar aventureiros.

As linhas principais são operadas pela metro bus, mas há os paralelos, que têm a desconvidativa nominata de Diablos Rojos. Esses veículos são antigos ônibus escolares norte-americanos que passaram por um duvidoso tunning ao bel prazer dos motoristas, de gosto mais duvidoso ainda.

A pé
Tirando o perigo de se atravessar uma rua na área central da Cidade do Panamá — em função dos apressados motoristas, que não são de dar muita bola para faixas de segurança — caminhar pelas ruas pode ser um bom passeio. Se a caminhada for mais longa, é bom levar, além da câmera, uma toalhinha e uma garrafa de água, porque é calor e úmido no Panamá o ano inteiro.

De barco
O passeio de barco que quis fazer, mas me perdi no horário era rumo à Isla Taboga. Lá, pelo que li, é bom reservar um dia. Existem pousadas e hotéis para isso, apenas os horários dos barcos não é lá grande coisa: duas viagens por dia, somente. Às 8h30 e às 15h, partindo de um píer em Amador Cosway.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s