Rescaldos aeroportuários…

…ou: sem nada pra fazer em meio à uma conexão de cinco horas na madrugada paulistana

Antes de qualquer coisa confesso: toda, mas TODA a minha admiração aos que têm sono fácil em viagens, seja lá como ela for, mas em especial aos que dormem em aviões. Queria ter esse dom de vocês. Já que não tenho, mando um abraço ao cara que pensou em nós, insones, e inventou jogos e passatempos que estão instalados em alguns aviões da Avianca, por exemplo. O de futebol é muito tosco, mas faz passar o tempo que é uma beleza.

Aproveitando o espaço, comento que ainda falta muita tomada e conexão wifi gratuita nos três (quatro, contando com Porto Alegre) aeroportos dessa viagem que se encerrou nesta segunda-feira. A única que funcionou foi em Guarulhos, ainda assim só depois de uma pequena burocracia de cadastro. Tanto em El Dorado (Bogotá) quanto em Tocumen (Panamá) os dispositivos só avisaram de conexões liberadas. Conectados, não conseguiram navegar.

Colombianos nos acham sujos?
Pois é, a gente toma banho pra ir viajar bem bonito e cheiroso, mas assim que a aeronave fecha rumo à Bogotá, a aeromoça passa um spray por todo o avião enquanto avisa que a Colômbia pede para detetizar o veículo e que o tal produto é autorizado pelo Ministério da Saúde do Brasil. Tal cena não é nem próxima de ser repetida quando a linha é Bogotá-Panamá-Bogotá.

Falando em Panamá, oficialmente ainda estou lá, ainda que já tenha entrado e saído da Colômbia e que escreva esse texto em meio à madrugada em São Paulo. As autoridades do país caribenho ou esqueceram ou não quiseram carimbar o meu passaporte na saída. Pior que só fui me dar conta quanto já estava no ar.

$$$
Turismo de compras realmente não é muito a minha, mas não pude deixar de reparar que os free shops do Panamá oferecem melhores preços comparados com Bogotá e São Paulo. Fora do aeroporto a oferta é boa também.

Pão de queijo
Era meio de madrugada quando cheguei a São Paulo e já catei o primeiro café para pedir “guaraná, pão de queijo e ouro branco”. Como o refrigerante estava quente, só adquiri os dois últimos. Ao receber, instintivamente falei um sorridente “Gracias”.

Só isso?
Não. Ainda tem bastante coisa sobre Bogotá e Cidade do Panamá pra entrar no blog. Nos próximos dias já estará no ar. =)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s