Sobre a dúvida

   Tinha uma dúvida. Analisando bem cada cena, se deu conta que poderia estar confundindo todos os olhares involuntários com outra coisa. E aqueles sorrisos? Era só porque ela era uma guria bacana mesmo? Será? Diante das repetidas situações, até poderia estar começando algo entre os dois. Ou simplesmente não. Havia uma interrogação na sua cabeça.
   Era novo na aula. Para completar sua timidez, ainda entrou na turma cerca de dez dias depois do início do semestre. Cidade nova, faculdade também, amizades, idem. Tanta novidade realmente o deixava confuso.
   Ela foi uma das primeiras a conversar com ele. Em seguida, até acabou um tanto ofuscada pelo turbilhão de novas coisas e pessoas. Mas não esquecida. Longe disso.
   A moça não era o que se podia considerar de sexy simbol. Bonitinha, com suas qualidades reconhecidas, porém sem unanimidade entre a parte masculina. Encantava mais até pela simpatia, brilho nos olhos e, claro, as covinhas nas bochechas. Confundia-o mais por isso.
   Certa feita, então, cruzaram-se no corredor. Mesmo cansado, quis ser legal e reclamou – inocentemente – que ainda não ganhara o seu beijo naquele dia. Ousada, ela sorriu e espiou os lados. Chegou perto, mais perto, e deu-lhe um selinho. Apenas um. Virou as costas e seguiu seu caminho, balançando o rabo de cavalo.
   Não teve como não admitir. Apesar de toda a sua experiência – ou “currículo”, como gostava de falar – fora pego de surpresa. Quase de maneira infantil. E, quando desceu das nuvens, aquilo que era dúvida virou uma certeza. Poderia não ser absolutamente nada entre os dois. Mas era.

Anúncios

4 pensamentos sobre “Sobre a dúvida

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s