Questão sobre o cigarro

 

fumar1 Acho que finalmente entendi os fumantes. Dia desses, deixei o preconceito de lado para tentar entender a grande questão: por que um sujeito bípede e com cérebro avantajado em relação aos outros animais coloca um artefato recheado de compostos químicos enrolado num cilindro de papel em chamas na boca? 
     E sabe que eu não achei a resposta absurda? 
     Quem leu o primeiro parágrafo e me conhece talvez pense que fiquei maluco. Eu, que nunca fumei, que odeio a fumaça e o cheiro de cigarro. Continuo assim, caro(a) leitor, garanto. Apenas comecei a reparar como o tempo passa mais devagar para mim em comparação com aqueles do outro lado (ou da área), os fãs do alcatrão.
     Minha reflexão se deu quando reparei nesse pessoal – tão obrigado a enfrentar filas burocráticas, como eu tive que fazer essa semana. Eles curtiam uma nicotina a poucos metros. Juntos, expeliam suas fumaças, satisfeitos. Enquanto isso, eu, os não-fumantes, os ‘caretas’ e afins tínhamos como distração a leitura de revistas como Caras, Contigo, Minha Novela etc.
     Nessas situações, não fazer mal aos pulmões pode ser prejudicial ao cérebro – ou, no mínimo, a paciência.
     Também recordei dos fumantes das paradas de ônibus. Ao mesmo tempo em que os outros resmungam a demora dos coletivos, eles estão lá, na boa, apreciando um pouco de monóxido de carbono. Certamente, os cinco minutinhos deles duram longos 300 segundos para não-apreciadores do tabaco. 
     Logo, fumar não faz o tempo passar mais rápido, contudo o faz transcorrer de maneira mais suave, agradável – só para seu usuário, óbvio. Com isso, diminui-se o estresse da rotina do dia-a-dia e, consequentemente, aumenta-se a qualidade de vida. E, se fumar traz momentos assim, digamos ‘prazerosos’, não é uma prática boa? Eis a resposta que não achei absurda.
     Claro, tem a parte das 4700 substâncias tóxicas presentes em cada cigarro, da dependência física ou psíquica, como indicam as caixas de cigarros. Porém, isso pode ser um mero detalhe. Ou não. A escolha vai de cada um.  

PS: esse texto é sobre fumantes e não sobre pessoas que fumam para aparecer para outras pessoas…

Abaixo, uma cena do filme Obrigado por fumar, imperdível quando se fala nesse assunto.

 

Anúncios

10 pensamentos sobre “Questão sobre o cigarro

  1. Cara, muito legal o artigo. Uma das coisas mais difíceis é um não-fumante entender um fumante. Mas isso não é um incentivo, apenas uma boa interpretação.

  2. Acho que quem não gosta de discutir política, tem mais é que ser governado por quem gosta.
    Acho que quem tenta se matar, tem mais é que conseguir.
    Acho que quem gosta de fumar, tem mais é que morrer de câncer de pulmão.

    Mas aos três tipos de pessoas, cabe a opção mais inteligente de cada uma das alternativas.

  3. Gostei do texto. E às vezes, confesso, queria fumar. Tem tanta coisa que mata e é bom, né? Mas enfim… Não gosto, não posso com o cheiro, não deu. Mas entendo, assim como tu, os fumantes.

  4. Caraca, assim nao dá! Na minha opiniao é preferível é esperar o onibus com alguns instantes de stress e agoniaçoes, do que qnchendo seu pulmao de ohgofigk, tenho pena de quem precisa disso pra viver, esse é o pior viciio.

  5. Hahah… boa reflexão!

    O cigarro tinha que ser de alface, não-tóxico, porque o ato em si é muito bom! É uma pena ferrar tanto com o organismo!

    • Muito bom seu comentario. Tambem queria um cigarro de alface.Fumar eh uma delicia e sem toxinas seria perfeito.
      Nao fabricam por questao de controle populacional, sera?

  6. Tiago,a nicotina é muito bom! Ainda não inventaram remedio melhor.Pena que faz mal pro corpo todo.E tb tem os venenos que vem junto. Eu já disse pros meus pacientes que se não fossem os efeitos adversos eu adoraria receitar cigarro pros caras.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s